quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Tudo passa


Tudo passa...




Conta que um rei muito poderoso ao enfrentar um outro rei tão poderoso quanto ele, quase perdeu tudo.

Foram anos de batalhas onde muitos soldados perderam a vida, e muito ouro foi consumido. A guerra só acabou com a morte do rei inimigo, mas custou muito caro ao vencedor, que sentiu o peso da miséria na sua própria vida.
Foram necessários alguns anos para que o rei conseguisse de novo acumular fortuna, com muito trabalho nos campos e a conquista de outros lugares.
Assim, meditando na sorte e no azar, na riqueza e na pobreza, o rei chamou seus sábios consultores e pediu que eles definissem em uma única frase esses dois momentos tão opostos…
… e que desse força para que ele superasse a falta de recursos, os problemas e dificuldades, e quando na riqueza não esquecesse dos mais pobres, das dificuldades do povo que ele comandava.

Essa frase vencedora, daria honras e glórias ao seu criador e seria escrita na bandeira daquele reino, e seria inserida no brasão real do rei, por isso os gênios de todos os cantos mandavam sugestões, enviando frases que mais pareciam histórias.
Um dia, o rei em um dos seus passeios pelos arredores do seu reinado teve sede e parou perto de um casebre na estrada e um dos seus soldados bateu palmas.

Um senhor bem sorridente o atendeu e logo trouxe água para o rei em uma caneca simples mas muito limpa, o que impressionou o rei, que também ficou impressionado com a pureza e o frescor da água.

Curioso, o rei desceu e resolveu entrar no casebre e se surpreendeu com a paz do ambiente, com a limpeza e as pequenas flores em cada canto daquele cômodo humilde .
O rei então perguntou ao camponês como ele conseguia ser feliz naquele lugar tão longe de tudo e vivendo em tamanha simplicidade.

O camponês contou que no passado tivera bens e posses, era alfaiate e tinha uma grande freguesia, chegou a ter muito dinheiro, mas perdeu tudo com o ataque de um rei muito poderoso naquela região e ele teve que mendigar pelas ruas para comer .

Andou muito, conheceu muitas vidas e muitas realidades, até encontrar esse lugar que hoje ele chama de "pedacinho do céu", e mostrou ao rei uma tabuleta onde ele mandou gravar a frase da sua vida…
… para que ele se lembrasse sempre, na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença, na pobreza ou na riqueza que ele podia superar tudo, desde que se lembrasse dessa verdade escrita na tabuleta.

Lá estava a frase que o rei tanto buscava, lá estava escrito em apenas uma linha toda a filosofia que seus sábios não souberam explicar, lá estava escrito:
Tudo passa!
E agora eu te ofereço essa tabuleta, leve-a com você por onde for, na certeza de que esse momento que você vive, seja ele de muita alegria ou de dor..
… vai passar e você deverá seguir em frente, sem olhar para trás, rumo a felicidade, na conquista do seu pedacinho de céu, porque tudo passa, mas você é eterno. Boa semana!

Trem da vida


Quando nascemos entramos nesse trem e nos deparamos com algumas pessoas que julgamos estar sempre nessa viagem conosco. Em alguma estação, eles descerão e nos deixarão sozinhos. Mas durante a viagem pessos virão a ser especiais pra nós e muitas pessoas tomam esse trem apenas a passeio. Muitos descem e deixam saudades eternas. Outras quando descem ninguém se quer percebe. E assim é a viagem, cheia de sonhos, fantasias, e despedidas... O grande mistério afinal, é que jamais saberemos em qual estação desceremos.

Eu fico pensando se quando descer desse trem sentirei saudades! Será muito triste, mas me agarro a esperança de que em algum momento estarei na estação principal e terei grande emoção de vê-los voltar com uma bagagem que não tinham quando embarcaram...

Amigo, façamos com que nossa viagem nesse trem da vida tenha valido a pena e que quando chegar a hora de desembarcarmos, o nosso vazio deixe saudades e boas recordações para todos aqueles que prosseguirem a Grande Viagem que é a Vida!

domingo, 6 de dezembro de 2009

A Verdadeira História da Cueca







Porque é que entrou na moda a alguns anos já, os rapazes usarem a cueca aparecendo?
A VERDADEIRA HISTÓRIA
Esta tendência nasceu nas prisões dos Estados Unidos. Os reclusos que estavam receptivos a relações sexuais com outros homens tiveram que inventar um sinal que passasse despercebido aos guardas prisionais para não sofrerem consequências... Por isso, quem usasse calças caídas mostrando a cueca estava demosntrando que estava disponível para outros homens... E assim nasceu uma moda.